ESTANTE LITERÁRIA

Eight years in Power

“Eight Years In Power”, o  mais recente livro do influente intelectual Ta-Nehisi Coates,  colaborador da influente revista “The Atlantic”, é   uma coleção de artigos organizados cronológicamente. O autor ganhou reconhecimento nos meios intelectuais tanto de negros como de brancos depois da publicação do seu bastante elogiado livro “Between the World and Me”.

Um livro assinado por Coates não é mais um simples evento. “É o que poderíamos chamar do lançamento de um foguete da estação espacial de Cabo Canaveral” parafraseando o periódico The New York Times. Seus escritos e ensaios são debatidos tanto por liberais como conservadores.

Nesta compilação de artigos publicados para a revista, o autor fala de suas várias visitas a Casa Branca durante os 8 anos do governo Barack Obama. É interessante lermos sobre seus sentimentos de insegurança e o que se passava na sua cabeça enquanto estava ao lado do então presidente.

O intelectual escreve sobre as limitações de Barack Obama como presidente principalmente no tema sobre o racismo na América. Ele escreve também sobre o encarçeramento em massa de jovens e homens negros. Sobre a primeira dama, Michelle Obama, e sobre a comunidade afro-americana no lado Sul da cidade de Chicago.  Comunidade adotada  pelo jovem Barack Obama depois que deixou a universidade Harvard para tornar-se um organizador comunitário.

We Were Eight Years in Power_Coates 2

Para Ta-Nehisi Coates os EUA continuam profundamente divididos tanto economicamente como racialmente. Ele acredita que mesmo durante os períodos de maior progresso social no país, a comunidade afro-americana não era beneficiada devidamente por causa de décadas de políticas discriminatórias implementadas pelo governo norte americano.

Ele acredita sinceramente que sómente um debate sério sobre reparação poderia colocar os negros em pé de igualdade em oportunidades. Economistas e educadores em geral divergem quanto a este tema bastante espinhoso.

Para muita gente nos Estados Unidos Ta-Nehisi Coates é o intelectual negro da sua geração.

“We Were Eight Years in Power” termina com uma leitura sobre o atual presidente da Casa Branca, Donald Trump.

Para Coates nem todos os eleitores do presidente Donald Trump podem ser chamados de racistas como muitos democratas e progressistas os tem chamados. Porém, ele afirma sem pestanejar: “Todo eleitor de Donald Trump certamente não é um supremacista branco, mas todo eleitor de Donald Trump se sente confortável em entregar o destino do país para alguém que certamente o é”.

Ta-Nehisi Coates acredita sinceramente que os Estados Unidos não teriam um presidente negro se não estivessem preparados para retornarem a sua faceta mais odiosa. Por isto o subtítulo do livro: “Uma tragédia Americana”.

 

We Were Eight Years In Power

Editora – One World – US$ 28

367 páginas

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s