ESTANTE LITERÁRIA – MOVIMENTO CULTURAL HIP HOP

Hip Hop at the End of the World

Com mais de 250 fotografias com os artistas que revolucionaram o genêro musical Hip Hop desde que ele surgiu no final dos anos 70, o livro de fotografias “Hip Hop At The End Of The World” do fotógrafo Ernest Paniccioli é mais um belo testemunho de um movimento que há mais de quatro décadas vem misturando a arte do grafite com a música Rap para o delírio dos seus fans.

Entre os artistas fotografados por  “brohter Ernie”, como é carinhosamente chamado no meio musical estão: Queen Latifah, TLC, LL Cool J, Favor Flav, Lauren Hill, Public Enemy, Naught by Nature, 50 Cents e muito mais. Algumas das das fotos são inéditas e vem acompanhadas de histórias pessoais quando estava fotografando os artistas.

LL Cool J

Fotografia de Enerst Paniccioli

Com acesso exclusivo nos bastidores o preeminente fotógrafo captura a evolução do estilo Hip Hip nestas últimas quatro décadas. O fotógrafo mostra magistralmente  os artistas do grafite e da música que juntos teveram um papel importante na duração do movimento.

Depois de pegar uma camêra em1973 para documentar a arte do grafite que já dominava a cena cultural novaiorquina dos anos 70, Ernest Paniccioli começou sua jornada de coração aberto capturando as cenas musicais durante o momento mais fértil do movimento Hip Hop.

Tupac Shakur

Fotografia de Ernest Paniccioli

Com sua camêra de 35 mm a tiracolo, Ernest Paniccioli fotografou com bastante sucesso quase todos os rappers de destaque desde que o genêro musical surgiou na cena urbana de Nova York.

Por causa de suas fotos e da maneira como interagia com os artistas, ele acabou tornando-se o fotógrafo mais requisitado para as revistas “Word Up” e “Rap Masters”, dedicadas exclusivamente a cena cultural urbana. “Hip Hop At The End Of The World” é uma seleção de fotografias cuidadosamente curadas tiradas com muito carinho do extensivo arquivo de “brother” Ernie, mostrando mais de 40 anos de agitação cultural do que já pode ser considerado o maior movimento musical surgido na segunda metade do século XX nos Estados Unidos e hoje sua influência é considerada mundial.

 

ESTANTE LITERÁRIA

Sou R&B Funk

Bruce W. Talamon e a realeza dos ritmos R&B, Soul, e Funk.

O fotógrafo Bruce W. Talamon viu de tudo um pouco do que considerado por muitos os anos dourados da música Soul, R&B e Funk. Durante os anos 70 e início dos anos 80, o foógrafo californiano, mais precisamente da ensolarada Los Angeles, sorrateiramente conseguiu acesso aos bastidores do coração da cena musical pop afroamericana.

Rick James

O Cantor Rick James fotografado por Bruce W. Talamon

Bruce conseguiu seu “break” como fotógrafo da equipe do jornal “Soul” de Los Angeles, na mesma época que o “Soul”, o “R&B”, e o “Funk” estavam virando a cabeça da moçada tanto na rádios FM como nos bailes. Como fotógrafo da influente revista musical da época, conseguiu a proeza de fotografar os ensaios, as checagens de som, as sessões de gravações, as provas dos figurinos, os momentos de reflexões, a vida na estrada, e os momentos de total loucura patrocinados por artistas de diferentes estilos. Tudo isto e muito mais está detalhado no explêndido livro – Bruce W. Talamon: Soul, R&B, Funk – Photographs 1972-1982.

Al Green

O cantor Al Green fotografado por Bruce W. Talamon

A fotos do livro definem uma era bastante famosa pelo glamour, pela moda fabulosa, e claro pela devoção total dos músicos as suas famosas melodias.

Mais de 300 fotografias entre 1972 e 1982 do extensivo arquivo do fotógrafo estão sendo apresentadas em detalhes completos pela primeira vez. Seja voce um fan ardoroso de grupos como EWF, ou de cantores como Rick James ou Isaac Hayes, ou simplesmente quem descobriu recentemente o grande momento musical daquela era, esta coleção de fotografias raras mostra o exuberante espírito da época. Entre as fotos estão: Diana Ross, Al Green, Gil Scott-Heron, James Brown, Barry White, Aretha Franklin, The Jackson Five, Donna Summer, Chaka Kan, e muito muito mais.

Donna Summer 2

A cantora Donna Summer fotografada por Bruce W. Talamon

Além das fotos sensacionais há também várias informações sobre o legendário estúdio “Soul Train”. Bruce W. Talamon documentou um período visual da música negra que certamente passou do horário da meia-noite e jamais regressará.

Bruce W. Talmon: Soul. R&B. Funk, Photographs, 1972-1982

Editora Taschen

Páginas, 376

Preço, US$38.32