UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO EM NOVA YORK – HERBERT MURRAY.

 

Hebert Murray

Hebert Murray na famosa Times Square

Herbert Murray tinha apenas 24 anos em 1981 quando foi confundido pela polícia de Nova York como  parte de uma gangue de jovens delinquentes que matou um senhor cego numa estação do Metrô em Forte Greene, um subdistrito no bairro do Brooklyn. Por este suposto crime o senhor Murrary ficou preso por quase 30 anos.

Na época para tentar solucionar o crime, os detetives investigando o caso circularam fotografias de jovens que tinham sido presos por pequenos delitos. Numa destas fotos estava o jovem Hebert Murray que na época andava ao lado de um pessoal barra pesada do bairro. Entretanto, ele havia deixado essa turma de lado e começou a endireitar seu caminho conseguindo até mesmo um trabalho. A verdade é que na noite anterior do crime o jovem Hebert tinha recebido seu primeiro contra cheque do trabalho.

Hebert Murray não tinha a menor idéia do assalto e a consequente morte do idoso no Metrô. Entretanto, por azar seu rosto era parecido com um dos  assaltantes. Na verdade, ele descobriu depois que um dos assaltantes era seu próprio irmão que na época estava bastante envolvido com drogas. Seu irmão acabou morrendo na prisão onde cumpria pena por crimes relacionados as drogas.

A adaptação as condições carcerárias horríveis na notória prisão de Rikers Island foi bastante dura. Ele insistia na sua completa inocência. Sua falta de arrependimento e remorso não ajudaram na frente dos juízes que em sete audiências negaram seu pedido para liberdade condicional.

O ano passado sua história foi contada num longo artigo no periódico AM New York um pequeno jornal distribuido gratuitamente nas estações do Metrô na cidade. Com a ajuda da organização filantrópica ALLIANCE, Hebert Murray conseguiu em 2008 um trabalho na área onde está a famosa Times Square.

Atualmente ele mora sozinho no estado vizinho de New Jersey e mantém um bom relacionamento com sua filha que na época tinha somente 1 ano de idade quando ele foi preso. Apesar de toda essa trajetória ele mantém o bom espírito. O senhor Murray ainda se lembra de caminhar na antiga região da Times Square onde por apenas US$1 ele entrava no cinema e conseguia ver três filmes. Atualmente a área onde esta localizada a “nova” Times Square está totalmente sob sua supervisão.

Outro dia relembrando sua juventude no bairro do Brooklyn deparou-se com um novo restaurante e uma nova arena de esportes e entreterimento. Agora ele pode caminhar por lá e realmlente dar valor ao que encontrou. “Eu não sabia”, ele disse, “fui criado numa área bem bonita”./AMnewyork

 

One comment

  1. Alfredo · 15 Days Ago

    Lamentável que estórias como a do Mr. Murray são tão inúmeras!!

    Bom domingo e Super Bowl, meu amigo!

    Sent from my iPhone

    >

    Liked by 1 person

Leave a Reply to Alfredo Cancel reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s