KOFIN ANNAN, UM GRANDE ÁS DA DIPLOMACIA.

Switzerland Obit Annan

Kofi Annan ex Secretário Geral das Nações Unidas. entre 1997 e 2006.

Começando em 1997, o elegante, sofisticado, aristocrático e de fala mansa, Kofi Annan, ficou a frente da ONU por dois termos de cinco anos. Ele foi o segundo secretário africano a frente deste importante orgão diplomático. O primeiro foi o egípicio Boutros-Boutros Ghali entre 1992 e 1996. Ele faleceu aos 80 anos em Agosto de 2018.

Durante um período de 9 anos, Kofin Annan foi o que poderíamos chamar a consciência da organização no crepúsculo do século XX e início do século XXI. Ele foi também o primeiro servidor público internacional escolhido entre os vários burocratas de carreira na própria ONU para ser o secretário geral.

Ganhador do prêmio Nobel da paz em 2001, Kofin Annan, viu surgir durante sua estadia a frente da ONU o principal grupo terrorista do planeta, Al Qaeda, responsável por mortes e danos irreparáveis a vários países, entre eles os EUA, Inglaterra, e a Espanha.

No início dos anos 1990 o mundo tinha deixado para trás a guerra fria (EUA X USSR), passando a partir daí buscar resolver o grande dilema da globalização, juntamente com o surgimento da militância islâmica ao redor do mundo.

Sua principal missão como secretário geral a frente da ONU foi torná-la mais  humanitária especialmente em áreas com pouca história em defesa dos direitos humanos e direitos civis. Foi durante sua permanência a frenta da ONU que os EUA invadiram o Iraque causando o que muitos historiadores classificam como um verdadeiro caos mundial. Kofin Annan classificou a invasão como ilegal.

kofi Annan and George W. Bush

Kofi Annan ao lado do presidente norte-americano George W. Bush

Antes de tornar-se secretário geral, Kofi Annan foi o responsável pelas operações de paz ao redor do mundo entre 1993 e 1997. Ele foi duramente criticado pela comunidade internacional pelo papel da ONU na morte dos 18 soldados norte-americanos na Somália em Outubro de 1993. Entretanto, o pior viria menos de um ano depois quando uma guerra civil estourou no Ruanda deixando um saldo de 800 mil pessoas mortas. Em 1995 8 mil mulçumanos da Bósnia foram massacrados por soldados sérbios.

Apesar destes enormes conflitos, a reputação de Kofi Annan ao redor do mundo continuaria bastante alta. Parte disto se devia a sua autoridade moral e ao seu charme. “Carisma pessoal é somente parte da história”, escreveu o escritor canadense Michael Ignatioff no New York Review of Books sobre a autobiografia de Kofi Annan chamada: A Life in the War and Peace (Uma Vida na Guerra e na Paz).

“Juntamente com seu charme, o qual é enorme, há a autoridade que vem com  as experiências de uma pessoa que esteve em reuniões com ditadores, comandantes de guerra (warlords), brutamontes, etc. Ele tranformou-se num emissário para o lado do mal”, disse o canadense.

Kofi Annan nasceu em 8/4/1938 na pequena cidade de Kumasi no auge esta cidade era conhecida como a Costa do Ouro tornando-se Gana em 1957, o primeiro estado africano a tornar-se independente das garras britânicas do colonialismo.

Nascido dentro de uma família aristocrática, ele tinha três irmãs, duas delas mais velhas. A terceira, sua gemêa, Efua, faleceu nos anos 1990. A maior parte de sua vida adulta foi passada dentro dos corredores e nas salas de conferências dentro das Nações Unidas. Entretanto, Kofi Annan disse ao autor Phillip Gourevitch em 2003, “me sinto orgulhosamente africano, minhas raízes sao profundamente africanas, e as coisas que me foram ensinadas quando criança são muito importantes para mim”./NYT

 

 

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s