MARIELLE FRANCO, ANO 1 DEPOIS DE SUA MORTE.

MARIELLE-FRANCO

Se as manifestações no Brasil e ao redor do mundo relacionadas a memória da vereadora Marielle Franco assassinada há uma ano é uma indicação de sua força política, podemos afirmar com toda certeza que o tiro saiu totalmente pela culatra. Se a intenção dos assassinos era esmagar a luta por uma sociedade brasileira mais justa e igualitária, as manifestações certamente confirmaram que o legado da ativista é bem mais forte do que seus algozes imaginavam.

Em Nova York duas instituições de ensino superior abriram suas portas para conferências sobre o que a ativista representava e seu legado.

Na Universidade Columbia dois importantes eventos marcaram as homenagens a Marielle. O primeiro deles aconteceu no Centro Lehman Para Estudos Brasileiros, onde participaram de uma conferência moderada  pela professôra de história Amy Chazkel, os panelistas Kendal Thomas, professor de Direito, o conferencista do departamento das culturas Ibérica e da América Latina, João Neri Neto e a acadêmica Marcia Tiburi autora do livro como Falar com um Facista. A acadêmica exilou-se em Nova York devido as ameaças de morte.

celebrando o legado de MF

Mulheres brasileiras celebrando o legado da ativista Marielle Franco 1 ano depois de sua morte.

O segundo evento aconteceu nas escadarias que da acesso a biblioteca da universidade. Este evento foi organizado por alunos brasileiros. O ato foi marcado  pela presença de mais de 50 alunos que se revezavam com o megafone falando sobre o significado do assassinato de Marielle Franco e sua luta por uma sociedade brasileira mais justa e sem racismo.

A universidade de Nova Nova York em conjunto com o coletivo Defenddemocracyinbrazil.org promoveu uma palestra: Marielle Franco – Seu Legado E  As Atuais Perseguições Dos Defensores Dos Direitos Humanos no Brasil.

Quem matou Marielle Franco

A pergunta que nao quer se calar: Quem matou Marielle Franco?

Todos estes eventos aconteceram na cidade mais importante dos Estados Unidos e a mais conhecida de todo o planeta. Mostrando assim o alcance e a influência da luta travada por Marielle. Uma luta diga-se de passagem travada também por milhões de mulheres vulneráveis ao redor do planeta.

Apesar dos discursos tentando colocar temas importantes como genêro e a identidade sexual na luta de Marielle Franco, a verdade é que sua agenda era encabeçada principalmente pelo empoderamento da mulher negra brasileira e o genocídio dos jovens negros epecialmente nas comunidades. Estas eram sem dúvida alguma suas principais pautas no país.

Para os mais céticos que seguem questionando qual é o legado deMarielle Franco com a única intenção de desqualificá-la, as manifestações/celebrações no dia 14 mostram que seu legado será mais duradouro do que estes azêmulas pensam. MARIELLE! PRESENTE!

 

 

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s