O PEIXE MORRE PELA BOCA

Megyn Kelly

A apresentadora Megyn Kelly despedida pela rede de televisão NBC

A loiríssima apresentadora de televisão Megyn Kelly literalmente morreu pela boca esta semana em frente ao seu público do horário matutino no programa “Megyn Kelly Today” que vai ao ar as nove da manhã na rede de televisão NBC. A uma semana do Haloween, Megyn Kelly ao discutir com seus convidados sobre o tema afirmou que não via problema algum numa pessoa branca pintar o rosto de negro e colocar uma fantasia para brincar o Halloween. Aparentemente a apresentadora desconhece o quanto ofensiva a palavra “Minstrel” é para a comunidade afroamericana.

No final do século XIX artistas brancos para entrerterem suas platéias costumavam pintar seus rotos de preto exagerando certas características físicas negras como por exemplo os labios carnudos, os olhos grandes e o cabelo encaracolado.

Estas apresentações geralmente associavam os negros a palhaços com inteligência de  uma criança sempre precisando da ajuda de uma pessoa branca para tomarem decisões, criando com isto um esteriótipo altamente ofensivo em relação a comunidade afroamericana no geral. Este tipo de apresentação ganhou o nome aqui nos EUA de “Minstrel Show”.

Depois de uma enxurrada de reclamações sobre sua total insensibilidade ou falta de conhecimento histórico, a apresentadora no dia seguinte emitiu um mea culpa antes de iniciar seu programa dizendo: “Deixe começar dizendo desculpa”.

Isto não foi o suficiente para senzibilizar os executivos da rede de televisão. Com menos de 2 anos para vencer seu contrato milhonário de US$69 milhões, a rede NBC rescindiu o contrado da apresentadora.

Para muitos especialistas a apresentadora depois que deixou o canal Fox(conhecido aqui como a extensão do partido Republicano) acusando Roger Ailes, um dos fundadores do canal de assediá-la sexualmente, ela jamais conseguiu se encaixar num canal de televisão com um viés um pouco mais liberal. Depois deste episódio Megyn Kelly tornou-se praticamente uma pária no mundo televisivo.

O jornalista William Waack diz coisas altamente ofensivas sobre pessoas negras no Brasil, tem seu contrato rescindido pela rede globo, mas logo encontra espaço para apresentar seu programa no Youtube e ainda consegue um lucrativo contrato para escrever para o periódico O Estado de São Paulo. Não falando de jornalistas saindo em defesa de William Waack afirmando que ele não era uma pessoa racista.

Megyn Kelly morreu pela boca sózinha.

 

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s