POLÍTICA – MOTIM DENTRO DA CASA BRANCA

Donald Trump at a meeting with his cabinet

Donald Trump em reunião com seus ministros.

No último dia 6 de Setembro o periódico The New York Times publicou na sua famosa página do editorial uma carta anônima de um alto funcionário da atual administração dizendo entre outras coisas que o presidente Donald Trump esta fora da realidade. Ou seja, ele vive dentro de sua própria bolha mental.

A longa carta afirma ainda que o presidente foi eleito na plataforma do partido republicano. Porém, não carrega consigo nenhum dos seus valores ou ideologia. Entre estas idéias estao: O livre comércio entre países, pessoas livres, e mentes livres.

Para o autor, Donald Trump, é um presidente amoral que coloca em risco a segurança do país.

A carta detalha que o presidente é impulsivo e muda constantemente de opinião. Em reuniões com funcionários Donal Trump pragueja repetidamente e sua impulsividade resulta em decisões que na maioria das vezes ele é obrigado a revê-las, ou simplesmente abandoná-las prematuramente.

New York Times Building

Entrada do famoso jornal na Times Square em Nova York.

No àmbito internacional o presidente tem uma predileção por ditadores mais jovens como por exemplo; Kim Jong-un da Coréia do Norte, ou o mão de ferro Vladimir Putin da Russia. Enquanto isto países aliados com os mesmo valores democráticos como os dos Estados Unidos são jogados para o escanteio.

Nem mesmo a economia aquecida e o baixo desemprego escapam das criticas do autor anônimo. Para ele, o bom desempenho econômico atual está acontecendo não por causa do presidente, mas apesar dele.

A carta termina dizendo que a grande preocupação no momento não é com o que o presidente já fez, mas sim como os cidadãos norte-americanos se permitiram que Donald Trump fizesse isso conosco. “Afundamos tão baixo e permitimos enquanto descíamos a perda completa nossa civilidade”.