CULTURA – ÓPERA NO ELEVADO DE NY

highline NYC

Elevado Highline em NYC

1000 vozes irão aquecer os ouvidos dos novaiorquinos no início do Outono na cidade mais cosmopolita do planeta.

Para muita gente na cidade as 19 horas pode significar coisas distintas. Para alguns o final de mais um dia de trabalho. Para outros o horário de assitir ao seu show favorito na televisão(hoje isto é feito em diferentes plataformas). Para outros, o horário significa encontrar amigos para um happy hour. Outros dizem ainda que é o horário de começar mais uma jornada de trabalho. A grande verdade é que para a vasta maioria dos novaiorquinos este horário é a famosa corrida e o empurra em empurra para os diferentes transportes coletivos oferecidos pela cidade para voltar para casa.

Foi pensando nestas variedades de respostas que um grupo de jovens novaiorquinos liderados pelo compositor David Lang, os arquitetos Scofidio e Renero, os diretores Elizabeth Diller e Lynsey Plisinger, e o condutor Donald Nally apareceu com a brilhante idéia de uma ópera no Highline de Nova York, o famoso elevado de trens desativado que foi tranformado num belo espaço cultural e atração turística na cidade.

Entre os dias 3 e 7 de Outubro 1000 cantores farão parte de um coral que ajudará a cidade de Nova York  a fechar seus olhos e escutar “The Mile-long Opera: A Biography of 7 O’Clock”. Os espectadores deste show estarão completamente submergidos nesta inovadora e grátis apresentação cultural que tem tudo para ser uma experiência única.

Highline NYC2

Verão no Highline em Nova York

“Depois de trabalhar no desenho do elevado Highline por mais de 10 anos e testemunhar a rápida transformação da área ao lado pensei bastante sobre o círculo da vida, na cidade, sua deterioração, e seu renascimento oferecendo oportunidades e contradições”, exlicou Elizabeth Diller uma das organizadoras deste enorme projeto Cultural para o periódico Metrô distribuido gratuitamente em várias estações da cidade.

“Este ponto de vantagem apresenta uma oportunidade para a criação reflexiva sobre a velocidade de mudança na cidade contemporânea juntamente com as histórias de seus habitantes.”

Só há uma grande maça no planeta. Ela se chama Nova York!

 

 

 

 

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s