CAÇA AS BRUXAS – DONALD TRUMP DIZ QUE ESTÁ SOFRENDO UMA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA.

 

 

witch Hunt

O presidente Donald Trump se diz vítima de uma perseguição política.

No dia do azar, na sexta feira, 13 de Julho, um Conselho Especial de Investigação criado especialmente para investigar o envolvimento russo na eleição presidencial norte-americana de 20016, indiciou 12 agentes russos de infiltrarem os computadores do  Comitê do partido Democrata juntamente com os da campanha da democrata Hillary Clinton.

O relatório de 29 páginas detalha os subterfúgios usados pelos agentes. Entre eles estão: “fishing attacks”( uma espécie de isca para roubar informações) e lavagem de dinheiro. Os agentes russo também estão sendo acusados de tentarem infiltrar nos comitês eleitorais em vários estados. Tudo isso com a pura finalidade de disseminarem o caos dentro do país poucos meses antes da eleição.

O indiciamento mostra claramente a intenção destes agentes em sabotar a campanha da candidata democrata Hillary Clinton a presidência do país com o intuito de ajudar a campanha de Donald Trump.

De acordo com um longo artigo publicado no periódico The New York Times, o indiciamento foi construido com a ajuda de documentos desclassificados mostrados em Janeiro de 2017 por diferentes agências de inteligências com a conclusão de que “o presidente Putin e o governo russo almejaram ajudar” as chances do candidato republicano, Donald Trump, ganhar a eleição. A intenção dos agentes russos foi criar uma imagem desfavorável da rival junto ao eleitorado no país.

Assim que ficou claro que os russo estavam por tras deste caos, Donald Trump veio a público para negar- dizendo que qualquer pessoa poderia ter infiltrado ilegalmente nos computadores do partido Democrata. É de conhecimento geral que o atual presidente não esconde sua ojeriza em relação as agências de inteligências no país.

O ex prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, chamado por muitos de “pau mandado” depois que assumiu o posto de advogado principal da equipe de Donald Trump no lugar de Michael  Cohen, disse na sua conta no twitter que nenhum americano estava envolvido no escândalo, e por causa disto a investigação envolvendo o presidente deveria cessar imediatamente.

O indiciamento revela algo bastante curioso. No dia 27 de Julho de 2016 hackers russos tentaram pela primeira vez entrar nos servidores dos computadores pessoais de Hilary Clinton. Foi no mesmo dia que o atual presidente encorajou os russos a invadirem os e-mails de Hillary Clinton.

Alguns especialistas dizem que o indiciamento foi uma maneira das agências de inteligências no país mandarem um aviso a grupos que estejam com idéias de atacar o processo eleitoral nos EUA.

“Mesmo olhando através de uma perspectiva histórica, não consigo pensar num caso quando alguém chegou  a este nível de dar nomes as pessoas envolvidas”, disse Thomas Rid, professor da Universidade John Hoptins. “Isto é realmente significante”, concluiu.

“Haverá um efeito de deter outros grupos”, ele disse. “Se voce está envolvido neste tipo de trabalho, existem grandes possibilidades do seu nome acabar caindo num indiciamento. O que esta acontecendo terá um efeito com toda certeza”

 

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s