ARTE – GRAFITEIROS GANHAM CAUSA MILHONÁRIA.

5pointz_home_banner_1

Complexo 5 Pointz, o lendário espaço no bairro do Queens usado por décadas por grafiterios em geral estava no centro de um disputa sobre qualidade artística. Recentemente 21 grafiteiros ganharam US$6.7 milhões por um processo movido contra o dono do Complexo porque tiveram suas obras destruidas para dar lugar a 2 edifícios residenciais.

Reconhecido como o “maior museu aberto do aerosol”, em 2013 suas paredes foram pintadas de branco para a construção das moradias.

O dono desta propriedade, Jerry Wolkoff, começou a alugar o espaço para artistas nos anos 1990. Do lado de  fora dos estudios os grafiteiros aproveitaram o enorme espaço como uma tela para colocarem suas obras artísticas.

O mural tornou-se tão famoso que constava no guia de turismo da cidade de Nova York atraindo turistas de toda parte do planeta.

O nome 5 Pointz é uma referência aos 5 bairros que fazem parte da Grande Nova York. Brooklyn, Bronx, Manhattan, Queens, e Staten Island.

Os grafiteiros entraram com uma acção contra o proprietário evocando a lei V.A.R.A (Visual Artists Rights Act), uma lei implementada em 1990 durante a adminstração do prefeito David Dinkins para proteger as obras dos grafiteiros conhecidas como “obras de estatura reconhecida”.