ELEGÂNCIA DE MICHELLE OBAMA

Democratic National Convention, Charlotte, NC

A primeira vez que a ex primeira dama, Michelle Obama, mencionou a marca da roupa que usava aconteceu em 2008 no programa de entrevistas “Tonight Show” apresentado por Jay Leno. Na ocasião, Michelle Obama estava usando uma roupa elegante, porém, bastante discreta da marca J. Crew. Sua vestimenta na época constratava com a candidata a vice presidente pelo partido republicano, Sarah Pailin, que tinha um orçamento de mais de US$150 mil sómente para o seu guarda roupa.

Quando Michelle Obama percebeu a impôrtancia do seu guarda roupa, e a influência que ele poderia ter, ela passou a ter um cuidado ainda maior nas suas aparições públicas. Sua influência tornou-se tão importante que acabou servindo de tese para o estudo de um professor da Universidade de Nova York (NYU) intitulado: “Como Esta Primeira Dama  Mexe Com Os Mercados”.

GUARDA ROUPA

Nos oito anos como primeira dama, seu guarda roupa teve um papel destacadíssimo na cultura do país. Ela frequentou a capa de revista Vogue 3 vezes. Mais do que qualquer outra primeira dama.

Entre as marcas que Michelle Obama mais usou estavam: Michael kors, J. Crew, Target, Ralph Loren, Carolina Herera, e Donna Karan. É claro que grifes da alta costura internacional também fizeram parte do seu guarda roupa, como por exemplo Vera Wang, Oscar de La Renta, e Alexander McQueen entre outras.

Por causa da enorme importância da presidência Obama, acontecendo juntamente com a explosão e a influência das redes sociais ao redor do mundo, nem todas as pessoas estavam prestando atenção aos seus discursos, mas certamente estavam de olhos pregados no que a então primeira dama estava vestindo.

090216-michelle-obama-cover

Com diplomas de duas das mais reconhecidas universidades nos EUA, Harvard e Princeton, além de um papel de destaque na área hospitalar, Michelle Obama sabia que além de primeira dama, ela estava também servindo de modelo e inspiração para milhões de mulheres ao redor do planeta.

Assim como duas das mais famosas primeira damas nos EUA, Jacqueline Kennedy e Nancy Reagan, Michelle Obama entendeu perfeitamente o papel da moda como um veículo para criar uma identidade toda especial para a primeira primeira-dama afroamericana no país.

Cada administração tem sua  própria personalidade, cabe a nós como público e consumidores, seguir ou não a ideologia e os padrões tanto de beleza como também de consumo ditados pelo casal que está ocupando a Casa Branca.