Chegando no lado Leste do Harlem

Com o coracao um pouco apertado, mas bastante ansioso, peguei um dos taxis amarelos e falei ao motorista onde gostaria de ir. Ao sairmos da area do vasto aereoporto JFK enquanto observava os arredores meu pensamento voltou a Sao Paulo. Tinha na minha mente a clara imagem da minha namorada vestida com um longo vestido verde chorando enquanto eu partia em direcao ao portao de embarque. Esta imagem ficou por muitos anos alojada no meu pensamento. Tinhamos passado a noite anterior juntos num dos muitos Moteis espalhados pela cidade. Ela sabia do meu grande desejo de morar em Nova York. Jamais impos qualquer condicao para me impedir de viajar. Acreditavamos no nosso amor e que o oceano Atlantico nao era suficientemente grande para manter-nos separados. Fui acordado deste e outros pensamentos quando o motorista do taxi parou na rua 90 entre a segunda e terceira avenida em Manhattan dizendo que haviamos chegado. Apos pagar o motorista e pegar minha mala, observei um pouco da vizinhanca. Tinha chegado na parte alta do lado Leste da Ilha de Manhattan a poucos quarteiroes do famoso bairro do Harlem. Ou melhor do lado latino do bairro, mais conhecido como “El Barrio”.